DF: Estudante é picado por naja e fica em estado de coma

Um estudante de medicina veterinária está em estado de coma em um hospital do Gama (DF), após ter sido picado por uma cobra do tipo naja na última terça-feira (7), informa o Metrópoles. Pedro Henrique Santos Krambeck Lehmkul estuda medicina veterinária com ênfase em animais silvestres e exóticos. A cobra naja não é nativa do Brasil e a polícia ainda investiga como o animal teria chegado ao país. O animal foi localizado e capturado por policiais na noite desta quarta-feira (8).

No Brasil, apenas o Instituto Butantan, em São Paulo, tinha antídoto para o veneno desta cobra. Todas as doses foram enviadas para o Distrito Federal, e a família do jovem conseguiu comprar mais doses nos Estados Unidos. A nova leva de antídotos deve chegar ao Brasil nesta quinta-feira (9).

Pedro Henrique está com insuficiência respiratória e, por isso, foi submetido à intubação. O quadro é considerado grave. Ele está com ventilação mecânica e sonda.

Ad

Você também pode gostar...