Menina de 13 anos que morreu grávida teria relacionamento com homem de 40

Uma menina de 13 anos, que estava grávida de 31 semanas, morreu em Medicilândia (PA), no último sábado (24). De acordo com a Polícia Civil, a suspeita de que o pai do bebê seja um homem de aproximadamente 40 anos, que abusava da menina há pelo menos quatro. As informações são da revista Época.

Conforme denúncias recebidas pelo Conselho Tutelar, os dois viviam juntos e ela era agredia fisica e psicologicamente por ele. Nas redes sociais, a criança e o homem aparecem abraçados e se beijando, com status de “casados”.

“Estamos investigando um suposto estupro de vulnerável, porque relação sexual com menor de 14 anos é crime, independente se há consentimento ou não. No inquérito, estamos analisando os prontuários médicos das unidades de saúde e ouvindo possíveis testemunhas do caso”, afirmou à revista Época o delegado Walyson Damasceno, da Superintendência da 11ª RISP (Xingu).

A criança foi atendida no Hospital Municipal de Uruará com sintomas da Covid-19 e faleceu no Hospital Municipal de Medicilândia, para onde foi transferida. Em Uruará, a menina foi acompanhada por um homem e uma mulher que se dizia sua avó, mas o parentesco não foi comprovado. Ambos foram embora antes da chegada do representante do Conselho Tutelar.

Ad

Você também pode gostar...