Campo Grande retoma toque de recolher; casos de coronavírus aumentaram

Campo Grande voltará a ter toque de recolher a partir desta quarta-feira (25), entre a meia noite e 5h. A medida foi anunciada em reunião devido ao aumento acelerado de casos de coronavírus. Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), Semadur (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano), Abrasel, além das secretarias de Finanças e Segurança municipais, participaram da decisão

O decreto será publicado em edição extra do Diário Oficial ainda nesta quarta e deve durar 15 dias, conforme o site Midiamax. A administração definiu que vai intensificar blitze em festas clandestinas e oficiais para verificar o cumprimento de normas de biossegurança, além de monitorar o trânsito e estabelecimentos. De acordo com o a reunião, serão ampliados em mais 20 os leitos do HRMS (Hospital Regional de Mato Grosso do Sul) e do Pênfigo.

O número de novos casos confirmados de coronavírus tem aumentado no último mês e disparou na última semana epidemiológica na macrorregião de Campo Grande. Somente entre os dias 15 e 21 de novembro, foram registrados 2.977 novos casos, o que equivale a uma média de 425 casos por dia ou 17,7 casos por hora. O aumento foi de 59,7% em comparação com a semana anterior.

Segundo informações divulgadas pelo Governo do Estado, foram 2.977 novos casos registrados na macrorregião de Campo Grande na última semana epidemiológica. O número representa um aumento expressivo, já que na semana anterior foram registrados 1.863 novos casos.

O alerta pede que a população continue com o uso de máscaras e mantenha medidas de higiene. Além disso, é essencial evitar aglomerações, saídas de casa e contatos

Ad

Você também pode gostar...