Prefeito diz que diminuiu procura nos postos por causa da dengue

O prefeito Marquinhos Trad (PSD) disse que diminuiu a procura de pacientes com dengue nas unidades de saúde de Campo Grande, o que demonstra, segundo ele, que reduziu os focos do mosquito na cidade, devido a conscientização da população para acabar com o lixo nas residências e terrenos.

Ele ponderou que já foi constatado a diminuição da infecção da doença, mas que os trabalhos da prefeitura vão continuar intensos tanto na prevenção, como no cuidado nas unidades de saúde aos pacientes. Marquinhos alega que os líderes comunitários ajudar neste processo, realizando ações e campanhas nos bairros.

Mesmo com este cenário mais positivo, Marquinhos diz que a prefeitura continua buscando R$ 28 milhões junto ao Ministério da Saúde, para ajudar no combate à dengue, mas que aguarda a liberação dos recursos. Ele disse que recebeu a informação que aporte financeiro só será liberado, após a votação da reforma da previdência, prioridade do governo federal.

Com a saída do secretário municipal de Saúde, Marcelo Vilela, para entrada de José Mauro Filho, o prefeito garante que os projetos e programas de saúde vão continuar os mesmos e não vai ter alteração nos planos de combate à dengue. “Não se muda a cor da camisa do time, quando se muda o técnico”.