Após acordo, governo fixa jornada de 6 horas aos administrativos da educação

Depois de toda polêmica e briga judicial devido a jornada de 8 horas para os servidores estaduais, o governo estadual cedeu ao menos para uma categoria específica, que é dos administrativos da educação, que por meio de uma resolução publicada hoje (22), terão jornada de seis horas diárias.

Esta jornada diferente vai ser apenas aos administrativos que trabalharem nas escolas estaduais, ou seja aqueles que possuem estes cargos, mas atuam na Secretaria Estadual de Educação, ou em conselhos e núcleos, terão que cumprir a carga de 8 horas, sendo das 7h30 até às 17h30, com duas horas de almoço.

O governo justifica que esta jornada diferente é porque as escolas estaduais possuem períodos diferentes, sendo matutino, vespertino e noturno, e por isso precisam ter profissionais destes cargos disponíveis na hora do almoço e intervalos para atender professores, pais e alunos, que precisam de seus serviços.

Outra questão que não foi colocada na resolução, mas foi revelada pela Fetems, é que houve um acordo da categoria com o governo estadual, que inclusive foi um dos termos para o fim da greve destes profissionais meses atrás.

Além disto, a categoria tinha o apoio dos deputados para que tivesse carga horária diferente, porque possuem salários menores no governo estadual e alguns conseguem buscar outra renda, no período em que não estão nas escolas.

Ad

Você também pode gostar...