Vereadores que moram nas Moreninhas vão buscar vaga na Assembleia

Dentre os moradores das Moreninhas estão dois parlamentares que ocupam vaga na Câmara Municipal de Campo Grande, e que em 2018 vão tentar alçar voos mais altos em busca de vaga na Assembleia Legislativa, na cadeira de deputado estadual. Moreninhas é o 6º bairro mais populoso da Capital, com 22.701 pessoas, segundo dados do IBGE de 2010.

Mesmo com grande tempo de existência, região das Moreninhas ainda precisa de vários investimentos.

Vereador, de segundo mandato, Chiquinho Telles (PSD), residente na Moreninha III, e que também ocupa a posição de líder do prefeito Marquinhos Trad, vai buscar a vaga na Assembleia, dentro das pretensões de seu partido em eleger, ao menos, cinco parlamentares no legislativo estadual, como declarado pelas lideranças do PSD.

Em entrevista recente ao FolhaMorena.com o parlamentar afirmou vai pedir voto no bairro. “Meu foco na eleição será em Campo Grande, principalmente a região das Moreninhas que é o meu berço político, onde conquistei 50% dos meus votos na última eleição”, disse Telles.

Vereador Chiquinho Telles. (Foto: Câmara de Campo Grande)

Ainda no primeiro mandato, pastor da Igreja Assembleia de Deus, o vereador pastor Jeremias Flores (Avante), residente na Moreninha I, já percorre o estado trabalhando em sua pré-candidatura, mas também terá as Moreninhas como fonte de votos. “Com certeza vou pedir votos aqui. É onde eu moro e não poderia deixar de fora. Por enquanto estamos nas reuniões da pré-campanha, grandes reuniões, inclusive nas Moreninhas”, reforçou ao FolhaMorena.com.

Vereador pastor Jeremias Flores (Avante). (Foto: Câmara de Campo Grande)

Além dos exemplos citados, a região ainda conta com outros pré-candidatos a deputado estadual e também a deputado federal.

O que a população acha

Para a professora Marina Cezária, 47 anos, moradora da Moreninha IV, a ideia das Moreninhas ter um deputado estadual é muito boa. “Desde que trabalhe pela nossa região. E nós temos voto suficiente pra isso. Eu penso que seria muito bom, muito bom mesmo”, disse.

O pintor Antônio Rodrigues, 40 anos, morador no Jardim Gramado, também é a favor da região eleger um deputado. “Na minha avaliação, como morador há 36 anos, vi a transformação das Moreninhas e acredito que seria ótimo, uma vez que a região mostraria todo o seu potencial político em MS”, declarou.

Ademilde Carvalho, 51 anos, cuidadora, acha interessante a ideia. “Quanto mais representantes nossa região tiver, melhor. Apesar do descredito com a nossa situação, vamos torcer para que um representante melhore ainda mais nossa região”, apontou.

O que dizem as primeiras pesquisas

Na pesquisa do Instituto Ranking, que ouviu mais de 1.200 pessoas até o último dia 19, Chiquinho Telles aparece com 1,41% e Jeremias Flores com 0,50% das intenções de voto. Os dois parlamentares expressam bom fôlego e com reais chances de eleição, já que aparecem à frente de várias figuras tradicionais da política do estado, em uma pesquisa espontânea, ou seja, que os eleitores declaram o voto.

Os registros na Justiça Eleitoral são: MS-05306/2018 e BR-02443/2018. O intervalo de confiança é de 95% e a margem de erro estimada é de 2,8 pontos percentuais para mais ou para menos.