Corumbá sedia campeonato brasileiro de canoagem com atletas olímpicos

Corumbá vai sediar no próximo final de semana, dias 21 e 22 de novembro, o 28º Campeonato Brasileiro de Canoagem Maratona, com apoio do Governo do Estado, por meio da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte). As disputas ocorrerão nas águas do Rio Paraguai, com largada no Porto Geral.

Devido à paralisação das atividades esportivas por conta do novo coronavírus (Covid-19), esta será a primeira e única competição nacional de canoagem maratona do ano, seguindo protocolos rígidos de biossegurança. Na Capital do Pantanal serão conhecidos os campeões brasileiros da temporada, nos gêneros feminino e masculino.

De acordo com a Federação de Canoagem de Mato Grosso do Sul (FCaMS), o campeonato receberá cerca de 100 participantes. Além de Mato Grosso do Sul, haverá competidores de Mato Grosso, Distrito Federal, Rio de Janeiro, Bahia, Paraná e Rio Grande do Sul. O evento contará ainda com a presença de dois canoístas olímpicos: o brasileiro Roberto Maehler e o cubano Jorge Garcia, que estivaram nos Jogos Olímpicos de Verão de 2016, no Rio de Janeiro-RJ.

Para o diretor-presidente da Fundesporte, Marcelo Ferreira Miranda, receber o Brasileiro de Canoagem Maratona demonstra a força da modalidade em Mato Grosso do Sul. “Temos trazidos grandes eventos ao nosso Estado e o Brasileiro de Canoagem é um deles. Com certeza, mostra a força da canoagem sul-mato-grossense, tanto na realização de eventos, quanto esportivamente, já que temos vários atletas de diversas categorias disputando competições a nível nacional e até mesmo internacional. Isso só vem a confirmar que Mato Grosso do Sul é uma das potências da canoagem brasileira”.

O presidente da FCaMS, Rafael Girotto, enfatiza que o Rio Paraguai é um acréscimo de adrenalina aos atletas. “Esse é um rio histórico para nossa região e também ao país. Ter um campeonato em meio ao Pantanal, no Rio Paraguai, traz um glamour ao evento. Todos os atletas já vêm empolgados, porque é algo a mais, uma adrenalina. Os canoístas normalmente estão acostumados a remar em represas e rios não tão famosos quanto o Paraguai. Tem aquele charme de ser no meio do Pantanal. Então, isso só vem a agregar e atrair mais participantes”.

“Para a gente, é uma honra receber um evento tão importante aqui no Estado. Os nossos atletas estão bem animados, porque terão a oportunidade de disputar um título nacional dentro de casa. Então, isso traz uma responsabilidade e um peso a mais, porém é incentivo de poder defender ou conquistar o título em Mato Grosso do Sul”, completa Girotto.

As provas, com percursos de cinco, 10 e 20 quilômetros, serão disputadas nas categorias infantil, menor, cadete, júnior, sênior, máster (A, B, C e D) e open, e na canoagem adaptada/paralímpica nas categorias L1, L2, L3 e open. Os tipos de embarcação serão caiaque (classes K1 escola, K1/K2 e K1 (embarcação até 4,5 metros) e canoa (C1/C2). Já na paracanoagem, estarão na água caiaques nas classes K1, V1 e turismo.

O 28º Campeonato Brasileiro de Canoagem Maratona está sendo organizado pela Federação Estadual de Canoagem (FCaMS), com supervisão da Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa), em parceria com a Prefeitura Municipal de Corumbá. O Governo do Estado, via Fundesporte, é o principal apoiador do evento.

Fonte: Fundesporte

Ad

Você também pode gostar...