“Fomos e somos a melhor equipe”, diz Jorge Jesus no Sul

O Flamengo eliminou o Internacional da Copa Libertadores, na noite desta quarta-feira (28), com a vitória agregada por 3 a 1. O resultado foi considerado justo pelo técnico Jorge Jesus. Em entrevista coletiva após a partida, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, o treinador elencou os pontos positivos do time rubro-negro, analisando o desempenho dos jogadores rumo ao objetivo principal de chegar na decisão, além de garantir que a equipe não foi a melhor, e sim é a melhor.

“Durante os 90 minutos, fomos a melhor equipe lá, sem dúvida nenhuma. Primeira parte fantástica, acabamos por não concretizar lances na cara do goleiro, mas, para além das oportunidades de gol, foi uma equipe muito segura. Se olharem para o jogo, não se lembra de uma oportunidade de gol do Inter, só bola parada. O Flamengo nestas decisões tem que ser uma equipe que não pode perder tantas chances, mas valeu”, afirmou o treinador.

Jorge Jesus explicou as alterações na segunda etapa. “Com as modificações do Inter, nosso corredor central começou a ficar desequilibrado. O D’Alessandro começou a enfiar a bola com muita facilidade, até eu modificar e mexer. A partir daí, voltamos por cima. Não só fomos a melhor equipe, somos a melhor equipe. Os jogadores estão de parabéns. Temos um objetivo que é chegar na final, faltam dois jogos. Humildade, olhar para os adversários com respeito”.

Um outro ponto abordado pelo técnico Jorge Jesus na conversa com os jornalistas após garantir a classificação à semifinal da competição foi sobre a torcida do Flamengo. Ele parabenizou os torcedores rubro-negros, destacando a paixão e a lotação nos estádios. O treinador português aproveitou para comparar com o que viveu durante o período que comandava equipes da Europa.

“Vamos desfrutar desse momento com a torcida, porque eles estão sendo incansáveis. Estou na maior torcida do mundo, tem alguma dúvida que algum clube tem uma torcida com tanta torcida e com quanta paixão quanto o Flamengo? Isso é um dos grandes sonhos do clube, demos um passo, não mais que isso, falta outro passo. Na Europa os estádios são cheios, mas a torcida não tem o calor do jogo como aqui no Brasil. É uma surpresa, eu já conhecia aqui no Brasil mas não sabia que era tanto”, finalizou.

Na semifinal da Libertadores, o Flamengo irá enfrentar o Grêmio – os jogos estão marcados para outubro. Antes, o time comandado por Jorge Jesus volta a campo no domingo, às 16h, quando recebe o Palmeiras no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro.

Lance

Ad

Você também pode gostar...