Renato Gaúcho elogia Jesus, mas volta a cutucar o português

Treinador do Grêmio diz que fica “curioso pelo trabalho maravilhoso” do técnico do Flamengo, uma vez que “nunca tinha escutado seu nome”

Os dias que antecedem o duelo decisivo da semifinal entre Flamengo Grêmio na Copa Libertadores não poderiam ser mais animados fora das quatro linhas. Dessa vez, durante o pós-jogo contra o Avaí, o técnico do Tricolor, Renato Gaúcho, voltou a falar sobre o comandante do Rubro-Negro carioca, Jorge Jesus. O ídolo do Grêmio elogiou o momento do Flamengo, mas não deixou de cutucar o treinador da Gávea.

– Eu fico curioso pelo trabalho maravilhoso que ele vem fazendo no Flamengo e – aí entra os 65 anos deles – por nunca ter escutado o nome dele e por ele nunca ter treinado uma grande equipe na Europa. E nunca ter saído de Portugal. Quando ele saiu de Portugal, ele foi para a Arábia. Isso que me surpreende, pela capacidade dele como treinador e o currículo – disse o treinador, que foi além.

– Ele (Jesus) tem três ou quatro títulos, somente em Portugal. Então, essa que é a minha surpresa com ele. Ele está fazendo um trabalho maravilhoso. Ele tem uma seleção nas mãos? Sim. Tem uma seleção nas mãos, mas não adianta nada se não for capacitado para treinar – afirmou o treinador do Grêmio.

Os embates entre os clubes acontecem nos dias 2 e 23 de outubro, na Arena do Grêmio e no Maracanã, respectivamente. No outro lado da competição, os argentinos River Plate e Boca Juniors brigam pela outra vaga na final, que acontecerá em Santiago, no Chile. Renato aproveitou o espaço no pós-jogo para opinar sobre o rival.

– Eu falo para os meus jogadores: hoje em dia, se a Seleção Brasileira fizer um amistoso com o Flamengo, é jogo duro. E está de parabéns a diretoria do Flamengo, que pensou grande – projetou.

Renato ainda comentou sobre a reestruturação do Flamengo, que superou as enormes dívidas financeiras e conseguiu trazer jogadores de alto nível. Para ele, o mérito é dos dirigentes.

– Teve dinheiro, gastou e trouxe jogadores, como muitos clubes da Europa fazem: “Ah, preciso de um lateral, pega aquele. Se for ver o plantel do Flamengo, o time tem sete ou oitos jogadores no nível da Seleção Brasileira e outros em outras seleções – comentou.

Os comentários foram feitos após a massacrante vitória do Imortal de Porto Alegre sobre o Avaí, na Arena do Grêmio, por 6 a 1, pela 21ª rodada do Brasileirão. O próximo desafio na competição será contra o Goiás, neste domingo, às 19h, no Serra Dourada.

Lance

Ad

Você também pode gostar...