Homem é morto com 18 facadas e suspeito tem veículos incendiados

Lucas José dos Santos, de 39 anos, foi assassinado com mais de 18 facadas no pescoço, em Nioaque, cidade localizada na região Sudoeste do Estado. Poucas horas depois do crime, o suspeito de dar as facadas em Lucas foi atingido por tiros e teve três veículos incendiados por vingança. O caso é investigado pela Polícia Civil de Nioaque.

Conforme apurado pela reportagem, a morte de Lucas ocorreu no Assentamento Boa Esperança, na noite da última terça-feira, dia 17 de maio. Ele foi encontrado em uma estrada, já sem vida. Informações são de que momentos antes, Lucas estaria na companhia de outros dois homens, um identificado como “Marcão” e outro “Luciano”, bebendo no assentamento vizinho. Quando o trio retornava ao Assentamento Boa Esperança, houve o assassinato.

Carros incendiados

Poucas horas depois da morte de Lucas, um homem teria ido à casa de Marcão para matá-lo, acreditando que ele seria o autor das facadas. Na madrugada desta quarta-feira (18), Marcão foi baleado, sendo que dois carros e uma motocicleta que estavam na casa dele foram incendiados.

Conforme o Jardim MS News, em conversa com o delegado de Nioaque, Diego de Queiroz, Marcão informou que havia sido atingido por familiares de Lucas por acreditar que ele seria o autor do homicídio. Devido aos ferimentos, ele foi encaminhado para a Santa Casa de Campo Grande.

Um dos envolvidos na tentativa de homicídio contra Marcão acabou preso e está à disposição da Justiça. 

Ad

Você também pode gostar...