Seis adolescentes vão responder pela morte de jovem na aldeia

Os seis adolescentes apreendidos na tarde de ontem (1/9), em Dourados, responderão pelo assassinato de Carolaine Espíndola, 22. O corpo dela foi encontrado por volta das 12h do mesmo dia, em um canavial localizado na Aldeia Bororó, Reserva Indígena. 

Conforme o apurado pelo Dourados News, menor de 17 anos e outro de 14 teriam tramado o estupro ao realizar uma festa no sábado. 
Além deles, jovens de 12, 15 e dois deles de 14 anos, participaram de alguma forma do crime. 

De acordo com a polícia, uma menina de 13 anos convidou a vítima para participar da festa e ambas chegaram ao local. 

Em determinado momento, os jovens teriam tentado realizar o ato sexual com as duas, porém, a adolescente conseguiu escapar da casa. 
Carolaine acabou arrastada até o canavial, foi estuprada e logo em seguida morreu asfixiada. A calcinha dela foi encontrada a vários metros do corpo. 

O grupo foi apreendido e levado ao 1º Distrito Policial e nesta manhã encaminhado à Unei (Unidade Educacional de Internação) Laranja Doce.  

Ad

Você também pode gostar...