A mulher precisa de conhecimentos e poder

Maria Aureliana Vaz Rolim escreve a coluna ‘Família’, exclusivamente para o Folha Morena

Amigos leitores,

Hoje nesse artigo, faço comentários sinceros, sobre a preocupação que tenho com a falta de atenção à mulher. Principalmente em não lhe oferecer os conhecimentos que aumentem a conscientização com respeito à sua condição Feminina, de reprodutora, de criadora e educadora da Prole.

Aqui está meu grito! Muitas vezes sou surpreendida com uma dúvida e penso! Será que me ouvem?

Estamos presenciando esforços do governo em conseguir melhorias gerais para a população.

Por todos os cantos presenciamos movimentos de pesquisa, renovação e especialização seja de iniciativa particular ou governamental. Sempre nos deparamos com notícias demonstrando atividades, invenções tecnológicas, todas voltadas ao benefício ou melhoramento das condições materiais para o Ser Humano; na economia, saúde, habitação e muitas outras. Ainda não encontramos sinais de preocupação da sociedade ou do governo com a mais urgente e mais justa ação, a de oferecer conhecimentos  à Mulher sobre sua capacidade reprodutiva”.

É preciso lembrar que ela é a responsável em trazer outro Ser Humano ao mundo.

Está comprovado que o menino e a menina têm na infância a melhor fase para a formação da personalidade, do caráter e de obter conhecimentos sobre seu corpo e suas possibilidades reprodutivas.

Esse é o motivo principal e obrigatório de oferecer à mãe os conhecimentos que necessita para o aprimoramento, atenção e cuidados ao trazer um filho ao mundo saudável. E prepara-lo para que seja um homem ou uma mulher perfeito, responsável produtivo e feliz.

Dos seres humanos o mais corajoso e mais destemido é a mulher. Ela tem coragem de construir nas suas entranhas (por 09 meses) outro ser, outra vida, “um filho” e traze-lo ao mundo. E ainda assim, ela não possui do governo nem da sociedade a atenção merecida, que é uma Escola de Educação de Berço para Mulher.

Esse é o motivo, que depois de bom tempo de meditação tive coragem de revelar minha maior preocupação ao escrever… É necessário preparar a Mãe, para cuidar a criança que será no futuro um líder. Que seja uma Mulher ou um homem de coragem  e que promova conscientização na melhor forma exaltando os verdadeiros valores para o ser humano; Honestidade, Generosidade, Perseverança, Prudência, Respeito, Responsabilidade, Tolerância  e que em qualquer situação saiba praticar Superação.  

É preciso cuidar a Mulher para que ela seja consciente de suas prioridades e estruture melhor a Família.

O primeiro cuidado deve ser o de abrir oportunidades a ela. Há quem pense que dar oportunidade à mulher é usar o termo “Empoderamento”, palavra nova.  Ou melhor, “empoderá – la”. Em suma, pensam dar- lhe emprego para que ela tenha dinheiro para custeio de seus gastos e só.

Até psicólogos, sociólogos assim pensam e são unanimes em oferecer somente esse tipo de ajuda. Imaginam que dessa maneira, a mulher estará conseguindo poder. E então, Pergunto? – de que adianta lhe dar somente dinheiro, se ela continuará sem saber o que fazer com suas obrigações e prioridades?

Dar poder a Mulher! Buscando no dicionário o que quer dizer Poder, vamos encontrar… Ter Poder é ter faculdade de facilitar, permitir, É a Faculdade de poder fazer algo, capacidade. É ter direito ou a razão de. É ter possibilidade. É ter força ou moral. É ter domínio, força. É ter autoridade constituída; governo dum país.

Pelos resultados da pesquisa do que é “O Poder”, chegamos à conclusão que a mulher para possuir Poder precisa antes adquirir os conhecimentos que a faça Consciente de suas prioridades como aprender, o que é um “Ser feminino reprodutor”. Saber o que é ter capacidade reprodutiva com obrigação de agir. E como ser responsável pela cria.

É preciso cuidar a educação da menina e do menino fazendo o repasse dos conhecimentos adquiridos. A obrigação da Mulher é tornar-se um ser consciente, aprendendo, praticando e repassando Educação de Berço e os valores.   

Recomendo a leitura do texto original onde explico detalhadamente esse especial assunto no livro Educar para Mudar-Aureliana Vaz. À venda nas livrarias Saraiva, Cultura, Amazom livro físico e Ebook. Abraço. Aureliana.

Maria Aureliana Vaz Rolim. Goiana, residente em Campo Grande, casada há 50 anos. Três filhos e três netos. Formação – Letras, na UNB – Brasília – DF (e Faculdade Filosofia e Letras – Itapetininga- S. P). Escritora com 3 livros editados: Família Novos Rumos, Assuntos para Família e o último livro – Educar para Mudar – editado pela Buqui e livraria Saraiva. À venda livros físicos Saraiva, Cultura e em Ebook pela internet nas Livrarias, Amazom, Submarino e outras… Dedico meu tempo a escrever sobre Mulher e sua Capacidade Reprodutiva. Competências para Maternidade e Estruturação Familiar.

Ad

Você também pode gostar...