Em disputa interna, Bernal critica e pede a saída de lideranças do seu partido

O ambiente continua turbulento na direção do PP em Mato Grosso do Sul, faltando alguns meses para eleição partidária. Algumas lideranças do partido querem a saída do atual presidente, o ex-prefeito Alcides Bernal (PP).

Diante do cenário, Bernal primeiro tentou uma trégua fazendo reuniões com os deputados do partido na Assembleia, mas depois resolveu partir para o ataque e fez críticas pesadas aos correligionários nas redes sociais, inclusive pedindo a desfiliação do vereador Valdir Gomes e do deputado Evander Vendramini.

Esta situação gerou mais um capítulo na história, com o vereador fazendo um boletim de ocorrência contra o ex-prefeito, alegando que sofreu uma ameaça. Ele é um dos maiores defensores da mudança de comando e até cogitou trocar de partido.

A eleição do partido vai ocorrer em agosto, e Bernal deve ter a concorrência de outras lideranças, como Vendramini, que já admitiu interesse na disputa. O ex-prefeito alega que ainda é a principal liderança da legenda, enquanto as demais lideranças dizem que o partido está parado e sem organização para eleição de 2020.

Ad

Você também pode gostar...