Mandetta anuncia pacote de R$ 167 milhões para saúde de MS

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, anunciou mais de R$ 167 milhões em investimentos no Mato Grosso do Sul, nesta segunda-feira (22). Entre as novidades estava um aporte para ampliação do Hospital Regional, assim como recursos a 60 cidades do Estado e o lançamento de um programa para unidades de saúde da família.

A primeira agenda na unidade de saúde do bairro Iracy Coelho, teve o lançamento do programa que vai apoiar a saúde de atenção básica, com o envio do dobro de recursos para as unidades que ampliarem o atendimento. Em Campo Grande, 25 unidades aderiram a proposta e vão receber juntas por mês R$ 1,5 milhão.

Elas vão atender das 7h30 até às 19h30, sem parar no horário do almoço. Antes as 25 unidades tinham um apoio mensal do Ministério de R$ 750 mil, ou seja, este valor foi dobrado para que o atendimento fosse estendido. Estes novos recursos vão poder capacitar os locais e aumentar equipe de atendimento.

As unidades de saúde da família atendem os pacientes em consultas, exames, testes, vacinação, curativos e outros procedimentos primários, que são de prevenção, para evitar que tais pacientes precisem usar os serviços de emergência ou média e alta complexidade. Mandetta revelou que o Ministério da Saúde vai ter investimentos fortes e densos neste setor, que será prioridade do governo federal.

Logo depois em agenda no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, Mandetta assinou e anunciou um pacote de R$ 167 milhões a 60 municípios, para recursos de saúde em diversos setores, entre eles a reforma e ampliação do Hospital Regional de Campo Grande. Ainda teve entrega de caminhões de lixos para atender cidades, com os resíduos sólidos.

Foto: André de Abreu/Topmídianews

Ad

Você também pode gostar...