Após PF prender fundador da Ricardo Eletro, Luciano Huck vira alvo de ataques

Luciano Huck virou alvo de uma onda de ataques no Twitter por causa da prisão do empresário Ricardo Nunes, fundador da Ricardo Eletro, durante anos uma das principais patrocinadoras do Caldeirão do Huck. O amigo do famoso foi preso na manhã desta quarta-feira (8).

A ação foi feita por integrantes da Operação Direto com o Dono, deflagrada pelo Ministério Público de Minas Gerais em parceria com a Secretaria da Fazenda mineira e a Polícia Civil. Ele é acusado de sonegação de impostos e lavagem de dinheiro.

De acordo com o MP, a operação apura a sonegação de cerca de R$ 400 milhões em impostos que deveriam ter sido pagos ao longo de cinco anos ao estado de Minas. A prisão do ex-dono da Ricardo Eletro movimentou a web e Huck foi o centro das discussões.

“Sabe aquele dito popular: ‘diz-me com quem andas e te direi quem és’? Mano, o Luciano Huck tá muito fudi** no tocante a isso daí”, afirmou um internauta. “Loucura, loucura, loucura mesmo. Para ser amigão do peito do Huck é fundamental ser Filho da pu**, sonegador, cheirador ou detestar pobres?”, questionou outro.

“Luciano, líder da nova geração de empreendedores pela ética na política. Um sujeito que só se relaciona com gente honesta”, alfinetou um terceiro, usando fotos do apresentador ao lado do político Aécio Neves, e os empresários Joesley Batista e Ricardo Nunes. “E o Huck hein? Que dedo podre para amigos”, debochou mais um.

Confira a repercussão na web:

Oi Luciano Huck vi que você apagou as fotos com o Ricardo Eletro.
Tá tudo bem?

só amigão gente boa né 😂

— Karola. (@meninakarolinaa) July 8, 2020

RD1

Ad

Você também pode gostar...